Largo Visconde do Cairú, 12 Conjunto 504 - Centro - Porto Alegre/RS
(51)3221-5259

Notícias

Joias e semijoias emprestam sua beleza para a produção de lingeries

Aliadas na hora da conquista, peças íntimas podem ser um diferencial para o Dia dos Namorados

As joias e semijoias, geralmente utilizadas na conquista, têm emprestado, cada vez mais, o seu alto poder de fascínio às lingeries. As pedras surgem como ornamentos ou até mesmo transformam as peças íntimas em um adorno precioso, tornando-se grandes aliadas das mulheres na hora da sedução. Esta pode ser uma alternativa interessante para quem procura um presente diferenciado para o Dia dos Namorados. A tendência, de acordo com a gemóloga e designer de joias, Cristina Pulla Warth, vem ocorrendo de forma constante nos últimos anos.

– O uso de joias e semijoias em lingeries é mais comum do que se pensa, porém, este comportamento tem surgido com mais força. É algo que está sempre em alta, unindo a joalheria e o vestuário, e neste caso, agregando valor nas peças – comenta Cristina.

O tamanho e a forma como as pedras são utilizadas variam conforme o estilo da peça íntima, contando desde pequenos enfeites até gemas de alto valor, como ouro, diamantes e esmeraldas. A grife Victoria’s Secret é uma das principais marcas que investe neste tipo de produção, exibindo em um de seus desfiles, no ano passado, uma peça avaliada em US$ 3 milhões. O sutiã, feito em ouro branco 18k, era adornado com nove mil pedras preciosas.
Cristina Pulla Warth é proprietária da empresa Irmãos Pulla Avaliações, associada da Associação do Comércio de Joias, Relógios e Óptica do Rio Grande do Sul (Ajorsul). Ela também ministra o módulo de Joias no programa de qualificação profissional Ajorsul Educar.

 

12 de junho de 2017