Largo Visconde do Cairú, 12 Conjunto 504 - Centro - Porto Alegre/RS
(51)3221-5259

Notícias

Tendências de comportamento e de consumo servem de inspiração para novas coleções de joias

Em evento promovido pela Ajorsul, a especialista Marcia Croce falou sobre a importância dos profissionais criativos no desenvolvimento de peças conectadas com o desejo do consumidor

As coleções de joias voltadas para o verão 2018 estarão diretamente ligadas a temática Nexo, com três direções como caminho: conectar, desconectar e reconectar. A indicação foi feita pela palestrante e consultora de gestão de marcas e negócios para o setor joalheiro, Marcia Croce, durante workshop promovido pela Associação de Joias, Relógios e Óptica do Rio Grande do Sul (Ajorsul), em Porto Alegre, na quinta-feira (25/05). O evento teve como parceiros o Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM) e o Senai de São Paulo (SP).

Trazendo inspiração para fabricantes, designers e joalheiros autorais, Marcia teve como base em sua apresentação os estudos publicados pelo Caderno Senai Mix Design, voltado para joias folheadas, bijuterias, gemas e joias.

Segundo a palestrante, a pesquisa de macrotendências de comportamento e consumo realizada serve de inspiração para as coleções do verão 2018. É um estudo muito amplo e que engloba o que está acontecendo no mundo, antevendo tendências sobre o que os consumidores irão utilizar nos próximos meses.

– Nexo é o que faz sentido, o que a gente busca no nosso dia a dia. Mas também é conexão, ligação, com os acontecimentos e com as pessoas. É importante que os criadores das peças pensem na criação, no seu público e desenvolvam identidades próprias para suas marcas, gerando tendências e estilos – salientou Marcia Croce.

De acordo com a especialista, conectar é estabelecer conexões pela primeira vez, seja com pessoas, ambientes, produtos ou serviços. Como exemplo, lembrou que novos públicos estão fazendo isso, incluindo os conectados idosos, já que as tecnologias têm ficado cada vez mais fáceis e intuitivas.

– Nós percebemos que as pessoas estão cada vez mais jovens de espírito e buscam fazer aquilo que gostam, adotar os conceitos que lhes interessam. Estão conectadas com o presente e querem ter acesso a produtos, muitas vezes, exclusivos, elegantes e charmosos. Peças atemporais acabam chamando muito a atenção deste novo tipo de consumidor, que ainda quer sentir o pensamento e a mão humana naquilo que utiliza – enfatizou a palestrante.

Marcia Croce lembrou que esse caminho indica que é hora de pensar que não existem mais públicos definidos por idade e que o mercado precisa, então, entender e procurar saber quais são os gostos que unem as pessoas em torno dos produtos que consomem.

Outra forte tendência futura, que se trata do momento de pausa, de interromper as coisas que estão sendo feitas, repensar e fazer uma reflexão. É a hora de enfrentar os medos e fazer algo para mudar.

A terceira e última direção é o reconectar. Para Marcia, após conectar e desconectar , o reconectar acontece de maneira inteligente. Nesse sentido há três pontos importantes, que são o renascimento, o respeito e o retorno ao passado. O importante é tentar sair da zona de conforto, estudando processos criativos e levando o otimismo para dia a dia do design das peças.

– Hoje, o profissional criativo é cada vez mais fundamental no mercado joalheiro. Utilizar o conceito adequado na hora de criar a peça faz a diferença entre boas vendas e produtos que acabam encalhando. A sinergia de todos os setores da empresa é fundamental para o sucesso. As referências utilizadas para a criação da linha de produtos é importante. A equipe de criação deve se inspirar nas macrotendências de comportamento e consumo das próximas estações para iniciar o desenvolvimento de novas coleções – lembrou Marcia Croce.

O workshop Direções Criativas Verão 2018 também trouxe informações sobre cartelas de cores, proporções de uso de acordo com os segmentos masculino, feminino e infantil, além de banhos, materiais, shapes e outros detalhes voltados para o setor joalheiro, a fim de inspirar a produção de peças para o verão 2018.

1 de junho de 2017