Largo Visconde do Cairú, 12 Conjunto 504 - Centro - Porto Alegre/RS
(51)3221-5259

Notícias

Tradição de anéis de formatura segue em alta

Joias podem ser presentadas para ambos os sexos

Formar-se é concretizar um sonho e concluir uma importante etapa na vida pessoal e profissional. Ocasião valorizada pelos próprios formandos, familiares e pessoas próximas, o anel de formatura representa a materialização deste momento e o símbolo da profissão. A procura pela joia aumenta entre o final e início de ano, período de formaturas no verão, assim como também ocorre no inverno, porém, é comum que a peça seja adquirida em outros períodos como presentes de aniversário.

– Seguindo as graduações com maior número de alunos no país, os cursos de medicina, direito, administração, engenharias e pedagogia estão entre os anéis mais confeccionados. Porém, existem diversos modelos de anéis, para todos os gostos. Personalizados para qualquer curso, o que diferencia o anel de uma profissão para outra é o emblema inserido e a pedra com a cor da área de atuação – explica a empresária e proprietária da joalheria Ely Joias, Claire de Melo Ely.

Para as áreas de ciências exatas, o anel costuma ser azul com pedra safira, relacionado ao céu e superação dos limites dos humanos, além da exatidão e sabedoria. O verde simboliza as carreiras de ciências biológicas, com pedra verde-esmeralda, relacionado à natureza e à cura. O vermelho rubi é a cor das ciências humanas, representa a paixão, as artes, a escrita e a fala.

A empresária explica, ainda, que este rito de passagem é valorizado por ambos os sexos e que há uma grande procura para o público masculino. A peça, neste caso, tem um formato mais geométrico, sem tantas curvas ou detalhes, mas sem perder o destaque e a presença que um modelo de anel de formaturas possui.

4 de dezembro de 2017